sexta-feira, maio 18, 2007

Júdice - Costa: a luta contínua

Não, não é gralha. É mesmo contínua e não continua.

No parágrafo 217 das "Investigações Filosóficas", Wittgenstein escreve:

"Se esgotei as justificações, então é porque já estou a escavar na rocha, e a minha pá entorta-se. Estou então inclinado a dizer: 'É assim que eu procedo'". E que mais há a dizer?

Como recordo Rodrigo Emílio em Campamento dizendo-lhe (certeiramente) na cara algumas verdades já bem evidentes.

A propósito e para quem quiser conhecer bem o mandatário do Costa recomendo-lhes a leitura de uma entrevista por ele dada a Maria João Avilez. Está na página Universidade de Coimbra - Centro de Documentação 25 de abril. Depois é só procurar.

1 comentário:

PRESOS POLÍTICOS disse...

Entrevista -> http://www.uc.pt/cd25a/wikka.php?wakka=ejjudice